Ministério Público recomenda cancelamento de vaquejada em Jacobina do Piauí

O promotor Raimundo Nonato Ribeiro Martins Júnior, da Promotoria de Justiça de Paulistana, recomendou que uma vaquejada programada para acontecer nos dias 28 e 29 de maio, no município de Jacobina do Piauí, seja cancelada.


A promotoria levou em consideração o decreto estadual que proíbe a realização de eventos que possam gerar aglomerações, como medida de prevenção ao novo Coronavírus (Covid-19).


"A realização de festas pela gestão pública e privada em locais e vias públicas (praças, parques, avenidas, pontes, orla marinha, praias, clubes com capacidade acima de 100 pessoas etc.), tendo em vista a probabilidade desses eventos angariar um grande público, contribuindo para aglomeração e potencialização da transmissão do SARSCoV-2", citou na portaria.


A recomendação foi expedida à pessoa física responsável pelo evento "IV Vaquejada", no Parque Pai e Filho, situado na zona rural de Jacobina, em cumprimento às disposições de ordem constitucional, legal, administrativas e de natureza sanitária acima referidas e outras com ela convergentes.


Conforme denúncias encaminhadas à promotoria, há a real possibilidade de que no local do evento não se atenda, integralmente, às disposições legais para esse período de pandemia.

Fonte: 180 Graus

Foto: Cidades em Foco

Postar um comentário

0 Comentários