Após 21 dias na UTI, idoso de Queimada Nova com Covid-19 recebe alta no Hospital Regional de Picos

O aposentado José Dias da Cruz, 74 anos, de Queimada Nova-PI, recebeu alta após passar 21 dias internado em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para tratar da covid-19 no Hospital Regional Justino Luz.


A alta aconteceu no sábado, 08 de maio. O paciente deu entrada na UTI no dia 18 de abril, em estado grave, apresentando insuficiência respiratória aguda grave. Seu José apresentava um comprometimento pulmonar de 75%, o que preocupava toda equipe médica. Após mais de 20 dias internado, a força de vontade de vencer surpreendeu a todos e ele apresentou melhoras.


Na saída da UTI ele posou para foto e agradeceu a todos.  “ Obrigado por  tudo, aqui só tem anjo, fiquem com Deus, Deus proteja todos vocês.” disse seu José, que emocionou a todos no plantão. Ele agora segue internado em outro setor para tratar algumas sequelas ocasionadas pela covid-19.


Outra história de superação é a do Lindomar Costa, de 67 anos da cidade de Jaicós, que passou seis dias na UTI e já conseguiu reestabelecer 80% da sua saúde. Ele segue internado na enfermaria covid para concluir o tratamento.


A diretora geral do Justino Luz, a médica Samara Sá, que também atua na linha de frente de enfrentamento a covid-19, relatou sobre esses casos: “Em meio a tanta dor e incertezas, essas altas nos dão injeções de ânimo e muita esperança com relação a Covid-19, pois sabemos que ainda não existe tratamento específico. Seguimos aplicando os protocolos de combate à doença, mas não podemos deixar de citar que também há doação/atenção por toda a equipe a cada paciente que recebemos. São pacientes graves, que passam vários dias com as equipes e acabam criando vínculos".


"Todos os dias, há expectativas quanto aos boletins, que passamos aos familiares e sempre que possível, fazemos chamadas de vídeo para amenizar a saudade e dar injeção de ânimo aos nossos pacientes. O Sr. José Dias é exemplo de perseverança, confiança na equipe e fé em Deus. Ele cativou toda a equipe com seu jeito carinhoso de ser, com sua fé inabalável, todos os dias às 18h ele fazia o sinal da cruz e rezava o 'PAI NOSSO'. Foi uma das altas que ficará marcada em nossos corações”, completou.

Fonte: Ascom/Hospital Regional Justino Luz

Postar um comentário

0 Comentários